Programa Água Doce ganha prêmio Inovação

Ação do governo que leva água para comunidades do semiárido recebe premiação em seminário internacional sobre dessalinização.

O Programa Água Doce (PAD), do Ministério do Meio Ambiente (MMA), recebeu nesta quarta-feira o prêmio Inovação no Semiárido, na sessão de encerramento do Seminário da Associação Latino-americana de Dessalinização e Reúso de Água (Aladyr), realizado em Fortaleza (CE).

Por meio da dessalinização de águas salobras subterrâneas, captadas de poços profundos, o programa leva água de qualidade para 200 mil pessoas em mais de 500 comunidades de 298 municípios do semiárido brasileiro. Atualmente, mantém convênio com todos os estados do Nordeste e com Minas Gerais.

Ao receber o prêmio das mãos do diretor da Aladyr, Alejandro Sturniolo, o coordenador nacional do PAD, Renato Saraiva Ferreira, que também é diretor do Departamento de Revitalização de Bacias e Acesso à Água do MMA, disse que a premiação é um reconhecimento do trabalho de todos que atuam na execução do programa.

Antes, o engenheiro Fábio Peixoto Cavalcante, consultor do PAD, fez uma explanação sobre a evolução da dessalinização no Nordeste e citou as “inestimáveis” melhorias proporcionadas pelo PAD à implementação dos sistemas de abastecimento de água que usam a tecnologia de osmose inversa.

Mas, além da tecnologia, ressaltou ele, o que tem dado sustentabilidade ao PAD é a sua metodologia, que aproxima o programa dos parceiros e comunidades atendidas, em especial dos segmentos de saúde e educação. “Isso tem se mostrado uma ferramenta decisiva para o êxito dos trabalhos”, enfatizou.

O seminário contou com a participação de 130 pessoas de sete instituições do governo federal, 12 estaduais, duas entidades internacionais, 33 empresas privadas do Brasil e exterior e quatro companhias estaduais de saneamento.

O PROGRAMA

Coordenado pelo MMA, o Programa Água Doce é uma ação do governo federal em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, que visa estabelecer uma política pública permanente de acesso à água para o consumo humano no semiárido brasileiro, unindo cuidados técnicos, ambientais e sociais.

É considerado uma experiência inovadora e exemplar para o mundo pelo seu baixo custo e pelos benefícios que traz para as comunidades. Em 2017, o programa recebeu prêmio da Associação Internacional de Dessalinização (IDA, na sigla em inglês), durante o Congresso Mundial da instituição realizado em São Paulo-SP.

Clique aqui para saber mais sobre o PAD

Fonte: www.mma.gov.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 10 =