Outubro Rosa

Outubro Rosa 2018: Campanha contra o câncer de mama.

Todos os anos, a população mundial lembra a luta contra o câncer de mama com uma campanha chamada Outubro Rosa.

O movimento surgiu nos Estados Unidos, na década de 90, e foi adotado pelos demais países para alertar as mulheres e entidades governamentaissobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce dessa doença tão devastadora, que, somente no Brasil, atinge cerca de 156 mulheres por dia.

O nome da campanha tem referência no laço rosa que é usado desde a 1ª Corrida da Cura, realizada em Nova York, para estimular a participação da população, entidades e empresas na luta contra o câncer de mama.

Durante todo o mês, o principal objetivo da campanha Outubro Rosa busca incentivar mulheres com idade entre 40 e 69 anos a fazerem os exames mamográficos para prevenir a doença ou descobrirem um possível diagnóstico de maneira precoce, de modo a aumentar as chances de cura.

O câncer de mama está entre os tipos da doença que mais acometem mulheres em todo o mundo e no Brasil – algo em torno de 25% do público feminino – perdendo apenas para o câncer de pele. Ele comumente costuma atingir mulheres a partir dos 35 anos de idade, tendo os seus riscos aumentados a partir dos 50 anos.

Antes dos 30 anos, são raros os casos de câncer de mama, mas isso não significa que as possibilidades estejam totalmente descartadas. Da mesma forma, apesar de também ser bem raro, o que muita gente não sabe é que a doença também pode surgir em homens, sendo responsável por aproximadamente 1% dos casos. Por isso, é de extrema importância que homens e mulheres, principalmente este último grupo, se atentem para a prevenção e diagnóstico precoce da doença, fazendo a mamografia pelo menos uma vez por ano para eliminar quaisquer riscos.

Segundo especialistas, a realização dos exames nas mamas de modo regular pode diminuir as chances de morte por câncer de mama em 30%. É importante incentivar familiares e amigos a prevenirem-se contra a doença, incluindo os homens.

O auto-exame deve ser feito pelo menos uma vez por mês, sempre entre 3 a 5 dias após o aparecimento da menstruação ou em uma data fixa, no caso de mulheres que não menstruam mais. Procure por nódulos fixos e indolores e verifique se a pele das mamas está avermelhada, retraída ou com protuberâncias semelhantes a uma casca de laranja.

Outros sintomas que podem estar relacionados ao câncer de mama são alterações nos bicos dos peitos (mamilos), nódulos pequenos nas axilas ou pescoço e saída de líquidos anormais das mamas. É claro que nem sempre estes sinais estarão relacionados à doença, mas uma avaliação médica é essencial para detectá-la precocemente e aumentar as suas chances de cura.

Não há uma causa única para o desenvolvimento do câncer de mama. De acordo com especialistas, são vários os fatores que podem determinar as causas da doença como: Histórico familiar, Idade, Menstruação precoce, Menopausa tardia, Reposição hormonal, Colesterol alto, Obesidade, Ausência de gravidez, sendo alguns deles modificáveis e outros não.

Ao verificar qualquer alteração nas mamas, procure um médico imediatamente.

Confira abaixo quais são os principais sintomas do câncer de mama:

  • Nódulos nos seios, pescoço ou axilas;

  • Vermelhidão na pele;

  • Pele enrugada, lembrando a aparência de uma casca de laranja;

  • Alterações no formato dos mamilos e das mamas;

  • Líquido anormal e escuro saindo pelos mamilos;

  • Inchaço na pele;

  • Nódulo único e endurecido;

  • Inversão dos mamilos;

  • Dor na mama ou mamilos.

 A prevenção é o melhor remédio!
Passe essa informação às pessoas mais próximas de você e cuide-se também.

Fonte: https://tudoela.com/outubro-rosa/
https://tudoela.com/cancer-de-mama/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × quatro =