Menos plástico e menos contaminação! Estudante espanhola inventa máquina de conservação de alimentos à temperatura ambiente

Sua invenção recebeu o prestigioso prêmio do MIT.

A jovem espanhola Maitane Alonso tem 18 anos, mas já é famosa por ter projetado uma máquina inovadora para armazenar e conservar alimentos.  Alonso nasceu em 2001 em Bilbau-Espanha e atualmente estuda na Faculdade de Medicina da Universidade do País Basco (UPV).

Essa máquina de preservação de alimentos recebeu o primeiro prêmio em Sustentabilidade e o segundo em Microbiologia no concurso de ciência e tecnologia organizado pelo distinto Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), com a participação de mais de 2.000 pessoas de 80 países, além de ter despertado o interesse da NASA para ser utilizada em viagens espaciais.

Agora, vem a pergunta: o que é e como funciona exatamente esse invento que pode armazenar alimentos em temperatura ambiente?

Funcionamento

Esta invenção tecnológica tem a finalidade de ser uma alternativa contra o desperdício de alimentos perecíveis. Este foi o objetivo de Maitane Alonso para com essa criação.

A jovem ao recordar como isso começou lembra que anos atrás, ela percebeu quanta comida era desperdiçada em sua casa, o que a levou a pesquisar mais sobre essa questão e à descoberta que o problema não era apenas na sua família, mas que ocorre desperdício em um terço da produção mundial de alimentos, devido às dificuldades de armazenamento e conservação.

A ideia desse aparelho surgiu acidentalmente, depois que seu irmão esqueceu as chuteiras ao lado de um gerador de eletricidade e a jovem percebeu que o cheiro havia desaparecido, levando-a a uma associação dos fatos de forma perspicaz e inteligente: se o mau-cheiro é causado por microrganismos, o que aconteceria se esse mecanismo fosse aplicado à preservação da comida?

A partir daí, ela deu início à cristalização desta invenção revolucionária que prolonga a validade dos alimentos com um método chamado “embalagem tratada com ar“, que em síntese tem a função, através de descarga elétrica, de dissociar as moléculas de ar nos alimentos de tal maneira que eliminem os microrganismos responsáveis pela deterioração da comida e assim, através deste processo, aumentar a durabilidade dos nossos alimentos.

A grande contribuição desse invento para a saúde

Além de tudo, esse invento trará ainda mais benefícios à nossa saúde e o motivo é esclarecido pela própria jovem espanhola:

“Não apenas prolonga a vida útil, como reduz o uso de produtos químicos que podem ter efeitos nocivos ou desconhecidos. Conseguimos reduzir o uso de plástico em todas as casas e prevenir doenças transmitidas por alimentos.”

Esta invenção pode ser utilizada de duas formas: uma destinada à conservação nas cozinhas das residências e a outra nas indústrias de produção de alimentos.

maitane alonso maquina

Para levar esse aparelho a beneficiar mais gente, o próximo passo de Maitane Alonso é lançá-lo no mercado para poder ser adquirido pelas pessoas, pois, com o uso dessa máquina, muitos tipos de câncer causados por problemas relacionados à  preservação de alimentos poderiam ser resolvidos. Essa preocupação da jovem também se deve ao fato dela estar se especializando em oncologia.

Despertar talentos através da Educação

Com todas essas contribuições, além da premiação já mencionada, a jovem terá mais um importante reconhecimento conferido pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts que batizou um asteroide com o nome dela.

Jovens como Maitane Alonso trazem perspectivas promissoras para os problemas que afligem a Humanidade, por isso senhores governantes, é de vital importância investir em educação de qualidade para todos!

Fonte: https://www.greenme.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 9 =