No Rio de Janeiro, crianças fazem seus próprios brinquedos reutilizando materiais

Em tempos de consumo excessivo e de produtos descartáveis, uma ONG ensina as crianças a confeccionaram seus próprios brinquedos, reutilizando materiais que iriam para o lixo.

A ONG em questão é o Instituto Musiva que entre as várias atividades de promoção social e sustentabilidade que realiza, tem feito uma Oficina de Brinquedo Sustentável, onde as crianças aprendem a preservar o meio ambiente.

Nesta oficina, as crianças aprendem através da brincadeira, a aperfeiçoar a concentração e a coordenação de forma lúdica, usando materiais reutilizáveis, desenvolvendo a criatividade em atitudes sustentáveis que vão contra o consumismo infantil, alimentado pela publicidade e pela sociedade capitalista.

A oficina faz parte do Projeto Escola Criativa, que ensina as crianças a confeccionarem brinquedos personalizados, provando que para se ter um brinquedo novo, não é preciso comprar e gastar dinheiro. É possível inventar vários brinquedos, e até objetos úteis, utilizando a criatividade e materiais que iriam para o lixo.

As aulas desse projeto acontecem na Escola Municipal Professor Paulo Freire, na Maré, Zona Norte do Rio, e na Escola Municipal Presidente José Linhares, em Ipanema.

Outras atividades que fazem parte do projeto são, além da oficina de brinquedo sustentável, as de desenho e pintura, teatro e artesanato sustentável.

O projeto Escola Criativa tem o apoio da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, através da Secretaria Municipal de Cultura e Lei Municipal de Incentivo a Cultura – Lei Do ISS.

Sobre o Instituto Musiva

Instituto Musiva vem atuando a partir da parceria com o artista urbano Valmir Vale com a pedagoga Raquel Motta, movidos pelos ideais de transformação social, através da arte e educação.

Em 2004, o Musiva era um movimento social e em 2010 se tornou organização social, ajudando através de oficinas criativas e inclusivas a ensinar e qualificar moradores de comunidades populares, visando gerar sustentabilidade, trabalho e renda através da cultura, arte e educação.

Belo e relevante esse trabalho. Digno de tirar o chapéu! Parabéns aos idealizadores!

Fonte: https://www.greenme.com.br

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + cinco =