Casca de banana purifica água contaminada por metais pesados, e pode ser usada em diversos sistemas

As cascas de banana podem ser reaproveitadas de diversas formas, confira!

Que as cascas da banana podem ser reaproveitadas de diversas formas todo mundo já sabe. Em receitas culinárias, para nutrir o solo para o plantio, para cuidar e hidratar a pele… enfim, as cascas de banana servem para muita coisa!

Agora, a novidade é que a casca de banana tem a propriedade de remover metais pesados da água, como mercúrio, chumbo e cádmio. E essa descoberta foi feita pela equipe de cientistas da Universidade de Aveiro, em Portugal.

A propriedade purificadora da casca da banana se deve à sua composição rica em celulose, lenhina e hemicelulose, que têm a capacidade de captar e absorver os metais pesados, principalmente o mercúrio.

Graças à essa composição, a casca de banana retém metais pesados e toxidades através de processos de sorção, método de retenção de um composto de uma fase fluida na superfície de um sólido, e que pode ser aplicado em estações de tratamento de águas residuais, em efluentes industriais, ou mesmo em qualquer outro sistema que contenha águas contaminadas.

A cientista Elaine Fabre, integrante da equipe dessa pesquisa, esclarece sobre a capacidade de purificação da água pelas cascas de banana:

“O que as diferencia dos outros materiais biológicos [que também são formados por celulose, lenhina e hemicelulose] é que as mesmas são mais ricas em grupos de enxofre e o mercúrio tem elevada afinidade por esse elemento.”

O uso das cascas de banana para purificação da água foi testado em diversos sistemas, como na água da torneira, água do mar ou na água de efluentes industriais e, inclusive, na presença de muitos outros elementos, além de metais pesados.

O estudo sobre a remoção de metais pesados da água, usando cascas de banana foi publicado no Science Direct.

Essa comprovação científica é mais uma prova das “mil e uma utilidades” das cascas de banana. Por isso, vamos reaproveitá-las mais, minha gente!

Fonte: https://www.greenme.com.br/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *