5 dicas para ensinar diversidade às crianças

Basta um olhar mais atento ao redor para perceber o quanto há diversidade em todos os lugares do mundo.

No entanto, as pessoas costumam ignorar que a natureza é, em essência, diversa e, por isso mesmo, rica; e acabam por disseminar que a diferença é algo ruim.

Está aí a raiz para as discriminações de todo tipo. As crianças, como seres humanos em formação, observam muito o comportamento dos adultos, principalmente aqueles com os quais convivem e podem aprender conceitos errôneos sobre raça, crença, orientação sexual ou nacionalidade, tornando-se mais para frente pessoas que continuam propagando ideias discriminatórias.

Para que a sociedade seja um lugar mais justo e igualitário, é necessário que os pais e educadores tenham o cuidado de ensinar a importância de aceitar e conviver bem com as diferenças.

Conheça abaixo algumas dicas para ajudar as crianças a aprenderem sobre diversidade.

Deixe a criança ter acesso ao que é diferente

Mostre à criança situações, lugares e pessoas diferentes daquelas que ela está acostumada. Você pode fazer isso por meio de livros, filmes, músicas, desenhos e outras atividades culturais e, principalmente, pelo convívio. Quanto mais diversificado for o círculo, mais normal vai ser lidar com as diferenças. As crianças são, naturalmente, mais abertas ao novo e essa é uma ótima hora para ensinar isso para elas. Na escola, preste atenção se há valorização e promoção da diversidade;

Seja o exemplo

Como em todas as outras questões envolvendo crianças, muito do aprendizado se dá pelo exemplo. Se você reforça comportamentos discriminatórios, faz comentários preconceituosos ou tem dificuldade para lidar com diferenças, há grandes chances de que seu filho repita isso. Aproveite a oportunidade para aprender junto com a criança sobre o tema. Além disso, respeite a criança em sua individualidade e identidade, reforçando a autoestima dela. Vale lembrar que crianças não nascem preconceituosas, elas aprendem com os adultos a discriminar;

Use o lúdico para ensinar

As brincadeiras sempre são essenciais no aprendizado infantil. Existem várias delas que podem ensinar mais sobre a importância e beleza das diferenças. Uma ideia é pegar materiais diversos, como papeis, canetinhas de várias cores, giz de cera, lápis de cor e pedir para a criança fazer um desenho. Depois, em um segundo momento, apresente para ela a proposta de fazer a mesma brincadeira só com lápis de cor roxo, por exemplo. A ideia aqui não é dizer que um fica mais bonito que o outro, mas de mostrar a riqueza que existe quando a gente tem a diversidade na hora de fazer escolhas;

Valorize a representatividade

Apresenta sempre exemplos de pessoas das mais diversas raças, nacionalidades e tipos físicos que conseguiram posição de destaque na sociedade. Quando a criança se vê em alguém que ela admira isso fortalece a autoestima. Ver pessoas diferentes daquelas que ela está acostumada ensina, indiretamente, sobre a riqueza das diferenças.

Não tolere discriminações

Caso a criança repita algum preconceito ou discrimine alguém, repreenda-a com firmeza. Ela precisa entender desde cedo que não é aceitável tratar as pessoas mal por elas serem diferentes e nem propagar ideias preconceituosas e reducionistas sobre os outros.

Lembre-se de que a infância é o momento mais propício para investir em uma educação que valoriza a igualdade e respeito entre as pessoas. É um direito da criança ter liberdade para enxergar as pessoas como elas realmente são, sem as amarras impeditivas que a sociedade costuma impor.

Fonte: https://www.greenme.com.br/

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *